quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Motivando a vida


Seguindo em frente... 
Fernando Lapolli

Lembro-me como se fosse hoje, eu estava saindo às oito horas da noite da empresa na qual eu trabalhava. Com apenas dezenove anos de idade eu já era obstinado por trabalhar. Acredito que essa motivação pelo trabalho eu tenha herdado dos meus tios e principalmente por parte do meu pai, aliás, sempre tive um enorme exemplo por parte desse grande herói em minha vida.

Seguindo em direção ao ponto de ônibus, eu estava bastante cansado pois o dia de trabalho havia sido intenso demais. Quando me sentei no banco para aguardar a passagem do ônibus senti uma leve tontura, e também percebi que estava vendo as luzes com uma cor diferente, um tanto rosadas.

O ônibus demorou para chegar e enquanto aguardava, mais sentimentos estranhos me permeavam, como tristeza, falta de energia, sentimentos que naquela época eu ainda não tinha a capacidade de identificar.

Cheguei em casa tomei um banho e fui dormir.

No dia seguinte a mesma rotina, acordar cedo, ir para o trabalho e sair tarde da noite, e foi assim dia após dia. Como a maioria dos trabalhadores em busca de uma vida melhor.

Anos se passaram e eu sempre me recordava desse episódio acima.

Num determinado dia por volta dos meus vinte e cinco anos, fui ao médico pois aqueles sentimentos ruins ainda me "perseguiam" como tristeza intensa, falta de alegria, entre outros sintomas, na qual o diagnóstico foi: síndrome do pânico!

Comecei um tratamento médico, e ao longo do tratamento persisti para que as minhas atitudes começassem a mudar, busquei dar mais atenção ao meu tempo.

Foram longos e árduos anos, mas, por volta dos anos 2000 comecei a escrever, ou melhor, começaram a brotar dentro de mim uma enorme vontade de escrever mensagens positivas. Não sei como explicar, mas esses pensamentos brotavam naturalmente.

É pertinente observar que quando essas frases, mensagens e reflexões surgiam, eu as anotava para não esquecer. E isso foi de grande valia, pois ao ler as mensagens em outros momentos, elas acabavam melhorando o meu momento e ajudando-me a seguir em frente.

Hoje essas minhas mensagens estão na internet, e já foram compartilhadas com milhares de pessoas, e se você chegou até aqui é bem provável que você seja mais uma dessas pessoas que assim como eu procura ter uma vida ainda melhor.

Para seguir motivando a vida escrevi um livro e um ebook que leio com frequência no intuito de manter a minha vida melhor. Clique aqui e saiba mais.

Pensar bem faz bem!
Fernando Lapolli

9 comentários:

  1. Olá leitor, seja bem-vindo a minha nova página "Motivando a Vida". Nesse espaço eu compartilho um pouco do início da minha trajetória como escritor. Venha comigo e viaje por um universo de bons pensamentos e motivação. Deixe o seu comentário, responderei o mais breve possível.

    ResponderExcluir
  2. Olá,suas mensagens tem um efeito muito bom sobre meu dia e pensamentos.
    Posso te dizer que estou igual a voce com teus 25 anos,porém eu com 36 anos,suas mensagens tem me feito muito bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá boa tarde, que maravilha! Vamos em frente sempre. Obrigado! Atualmente tenho 39 anos. Abraços e obrigado pelo seu comentário.

      Excluir
  3. Suas mensagens estão me ajudando muito Gratidão

    ResponderExcluir
  4. Tenho motivações sempre que leio as suas mensagens e os textos,agradeço de coração a sua bondade de mudar vidas.Crimildo Arnaldo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Crimildo, fico feliz de saber do seu apreço pelos textos motivacionais que escrevo! Grande abraço, Fernando Lapolli

      Excluir
  5. Suas mensagem de motivação mudou minha vida para melhor. Não tenho mais depressão, e sempre agradeço a Deus por ter colocado um escritor maravilhoso na minha vida. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sizy! Que lindo seu comentário, me sinto lisonjeado. Espero que você continue prosperando e seguindo em frente sempre. E jamais poderemos esquecer que: Pensar bem faz bem! Grande abraço, Fernando Lapolli

      Excluir

↑▲ FAVOR COLOCAR O SEU NOME NO FINAL DO COMENTÁRIO.